Pequena Abelha

30 outubro, 2010


Sinopse: “Não queremos lhe contar o que acontece nesse livro.

É realmente uma história especial, e não queremos estragá-la.

Ainda assim, você precisa saber algo para se interessar, por isso vamos dizer apenas o seguinte:

Essa é a história de duas mulheres cujas vidas se chocam num dia fatídico. Então, uma delas precisa fazer uma escolha que envolve vida ou morte. Dois anos mais tarde, elas se reencontram. E tudo começa... Depois de ler esse livro, você vai querer comentá-lo com seus amigos. Quando o fizer, por favor, não lhes diga o que acontece. O encanto está sobretudo na maneira como a narrativa se desenrola.”

Pequena Abelha é o segundo livro de Chris Cleave. Finalista do Prêmio Costa de 2008 como Melhor Obra de Ficção, foi indicado ao Prêmio Commonwealth Writers' como Melhor Livro de 2009.”


Então gente, terminei de ler Pequena Abelha na madrugada de sábado pra domingo, e tenho que dizer gente: O livro é bom!
Não achava isso até ter terminado de lê-lo, sério.

Então, um dos primeiros “avisos” na contracapa de Pequena Abelha diz para NÃO contar o que se passa na história do livro. É, acho meio difícil não contar o que acontece, nem que seja uma pequena parte, mas já que a sinopse pede isso, vou tentar o máximo não desapontá-la. :)

Bom, a narração do livro se divide em duas, sim, entre as duas mulheres que a sinopse menciona. E o livro não é nem um pouquinho linear, ou seja, não segue uma ordem cronológica dos fatos, assim que uma das narradoras está lá no futuro – dois anos depois – enquanto a outra continua lá no passado. Assim vai e volta (Como se a do passado de repente fosse pro futuro, e a do futuro fica relembrando, e "volta" ao passado).
Mas o que eu achei interessante é que a leitura flui, a partir de certo ponto do livro, que você começa a se ver tentando ler mais rápido do que pode pra saber o que acontece.
Mas um defeito que eu particularmente não gosto nos livros são os capítulos muito extensos. Sim, acho que em todo o livro são cerca de nove capítulos, o que, para um livro de 267 páginas, é muito pouco. Mas depois que você está lendo o livro, você meio que entende porque os capítulos são tão extensos, afinal, tecnicamente, cada capítulo é uma história inteira, ou ao menos parte dela.

Agora, o que eu achei do livro?
Olha, sinceramente é impressionante. Impactante. É aquele tipo de livro que te faz pensar melhor na sua vida, sabe? Se você é apenas mais um egoísta no mundo, se se preocupa tanto com a aparência, que nem percebe que em outros lugares, há gente passando fome.
Acho que é um tapa na cara daqueles que só pensam em si mesmos, mesmo sendo um livro fictício, algumas partes deles realmente existem, ou foram baseadas em algo que existe.
Então você para, e pensa: Meu Deus! Como isso pode estar acontecendo bem debaixo do nosso nariz, e nós não percebermos?
Por isso, achei um livro bem impactante, e ambicioso. Sim, ambicioso porque, na minha opinião, tem que ter muita coragem para escrever um livro desses, pois o livro meio que desafia o modo como o próprio país do autor trata as pessoas em questão.
É, mas pelo visto, essa ambição, esse desafio, deu certo, né?
O autor, se eu não me engano, já ganhou vários prêmios, não só com esse livro, mas com o seu outro livro – Incendiário (Lançado aqui no Brasil pela Editora Nova Fronteira), e ambos os livros fizeram tanto sucesso, que “ganharam” versão para o cinema.
Incendiário, se eu não me engano, já foi lançado, e é com o ator Ewan McGregor (de Moulin Rouge, sabem? :D), e o Pequena Abelha, eu não sei se já começou ou quando vai começar a ser rodado, só sei que a atriz Nicole Kidman foi cotada para fazê-lo.

E agora, só finalizando, mesmo não sendo o meu estilo favorito de leitura, acho que é bastante válida a leitura dele, porque é um livro ótimo e supreendente.

Espero que vocês tenham gostado da resenha, e até a próxima!
Beijoos :*
Thayná.

Parceria:

Editora Intrínseca.

OBS: Críticas, que eu achei interessante colocar no post! ^-^

The Guardian
"Ambicioso e arrojado."

People
"Impressionante."

Seattle Post-Intelligencer
"Brilhante."

The Washington Post
"Vai extasiar você."

The Boston Globe
"Um dos personagens mais vívidos, memoráveis e provocativos da nova ficção contemporânea... Cleave imprime um belo ritmo à história, dosando-a com inteligência, compaixão e, mesmo nos momentos mais sombrios, um fulgurante raio de esperança."

Financial Times
"Fascinante observação da realidade... um livro que se tem vontade de ler sem parar até o fim."

Booklist
"Cleave é um narrador com nervos de aço, seu romance é ameaçador e deslumbrante como a própria vida."

The Gloss (Irlanda)
"Pode ser que ainda se publique este ano outro livro melhor que Pequena Abelha, de Chris Cleave, mas não acredito muito nisso... É o livro de ficção mais vigoroso que li nos últimos tempos. Terminei em prantos, e a história ainda não saiu de minha mente. Não deixem de ler."

9 comentários:

  1. Eu já estou doida para ler esse livro *-* Só vi resenhas positivas e fiquei morrendo de vontade de poder ler =D
    Adorei a sua resenha!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu estou doida pra ler esse livro, anciosa demais.
    fama tão bem dele que não da pra perder.

    Xero.

    ResponderExcluir
  3. Ahhh eu quero mtoooooooooooooo Pequena Abelha *_*
    Minha amiga leu e disse que é lindoooooooo

    Bjs,

    Lu

    http://morriganfairy.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Vou começar a leitura desse livro hoje!
    Estou super curiosa, já que todo mundo diz que o livro é bom, mas triste...

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Nanie: Bom, já disse pra você que você TEM que ler esse livro, né? :)

    Caline: Verdade! Não dá pra perder! Sério! Muito bom MESMO o livro! :)

    Luisa: Olha, eu não diria que é lindo, não. Mas é bom. MUITO bom! :)

    Mari: É sim! É triste, mas sei lá... Na verdade, o finalzinho ali eu não entendi muito bem... Bom, que sabe você lê, e me explica? HAUHSUAHUSHAUHSUAHUSAS Boa pedida! Acho que você vai gostar do livro! :D

    ResponderExcluir
  6. Não vou ler a resenha "/ OHIAEHIOEIHEAOHIEAHIOE
    Como to com o livro aqui pra ler quero ler a resenha só depois :D
    Daí venho comentar decentemente aeihehaioheaoi
    Mas já vi muuuita crítica positiva sobre ele... pelo visto o livro é forte...
    Ele tá me chamando aqui aeoiheao mas quero primeiro terminar Cidade dos Ossos
    :*

    ResponderExcluir
  7. A sinopse não me interessou, mas pela resenha o livro parece ser legal, mas não é um de que eu escolheria, pode ser que eu leia mais para frente; Não está na minha lista de favoritos =///

    ResponderExcluir
  8. A resenha foi bem feita e ficou otima ! Eu gostei da capa e bem diferente ! Mas não sei se vou ler to sem grana no momento ! MAS QUEM SABE MAIS TARDE !

    ResponderExcluir
  9. Tô doido pra ler esse livro. Todos falam muito bem, parece ser emocionante... Tô bastante curioso também.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo