Gone

21 outubro, 2010

Resenha do primeiro livro em parceria com a Galera Record (*-*)

Só restam os jovens: os adolescentes, os pré-adolescentes, as crianças pequenas. Mas nenhum adulto. Não existem mais professores, nem policiais, nem médicos, nem pais. E, também de repente, não há telefones, nem internet, nem televisão. Não há como descobrir o que aconteceu. Nem como conseguir ajuda.
A fome é uma ameaça. Os valentões tentam dominar todos os outros. Uma criatura sinistra está à espreita. Os animais estão sofrendo mutações, e os próprios jovens estão mudando, desenvolvendo novos talentos - poderes inimagináveis, perigosos, mortais -, que ficam mais fortes a cada dia.
É um mundo novo e aterrorizante. Cada um terá de escolher o seu lado para a batalha que se aproxima. Os moradores locais contra os riquinhos. Os fortes contra os fracos. As aberrações contra os normais. E o tempo está acabando: no dia do seu aniversário, você vai desaparecer, como todos os outros.


Como seria se, de repente, no meio de uma aula normal o professor simplesmente sumisse? E não só ele, mas junto todos os adultos, até ser constatado que todos os maiores de quinze anos estavam “pufando”. Como seria jovens adolescentes tendo de cuidar de si próprios, e de crianças ainda mais jovens, sem a supervisão de nenhum adulto?
É isso que Michael Grant resolveu abranger em Gone, que é o primeiro de 6 livros (se não me engano), e trás uma temática muito interessante e diferente. Sam e muitas outras pessoas estão em Praia Perdida, quando, de repente, todos os adultos somem. Em um minuto eles estavam na aula, e no minuto seguinte não há nenhum professor; não há linha telefônica para falar com os pais; não há adultos.
Uma barreira simplesmente surgiu ao redor da região que abrange Praia Perdida, uma área desértica e a Academia Coates (que é conhecida como o lugar onde estão os jovens sem salvação). E pior, não tem ninguém para explicar sequer o que está acontecendo, nem há como atravessar a barreira, ou seja, eles não podem sair, e ninguém pode entrar... A comida uma hora vai acabar, e os alunos da Coates agora estão na cidade e querem o comando.
Sinceramente Gone foi muito além de qualquer expectativa, até porque eu não sabia muito sobre o livro, e agora eu quero saber o que ocorre nos próximos livros! Por ser uma saga, Michael deixou bastante abertura para os mistérios que envolvem a história, aproveitando o espaço para descrever cada cena, e quem tem estômago fraco, vá com calma, há fraturas expostas, brigas, tortura e por ai vai, com sangue rolando e crianças maléficas pondo seus planos em ação... E como se ser maléfica por si só não fosse o suficiente, alguns vão descobrindo que tem poderes, como correr muito rápido, controlar as coisas com a mão ou teletransportar pessoas; então, nessa nova sociedade onde crianças têm de cuidar de outras crianças, e tudo deve ser racionado, ainda há as pessoas “normais” e aqueles com poderes, para trazer ainda mais intriga, dividindo os grupos.
Gone é em terceira pessoa, o que dá uma grande margem para vários ângulos serem vistos, e no início tudo que você quer é ligar tudo e descobrir o que acontece. Começa focado em Sam, que acha que pode ter sido o responsável pelo que aconteceu – e até que alguém o ajude a descobrir o que realmente aconteceu ou o faça entender, esse é o seu pensamento – ele era como um jovem herói para os adolescentes de Praia Perdida, e quando tudo sai de controle, de certo modo o comando fica sobre suas mãos, mas há um problema, seu aniversário de 15 anos se aproxima, e todos que completam 15 anos, desaparecem.
Então dá pra perceber que a história é cheia de conflitos, e acreditem, há muito mais nas 515 páginas do primeiro livro da saga. E acreditem, depois de ler Gone você vai querer a continuação, e logo.

E quem quiser mais informações, downloads ou ler o primeiro livro de Gone, é só acessar aqui o site da Galera!

17 comentários:

  1. Gostei muito de Gone tb! =)

    ResponderExcluir
  2. Jura que é em terceira pessoa? hm, não sei, normalmente não gosto de livros assim =/

    ResponderExcluir
  3. Esse livro está ficando cada vez mais interessante! :B

    ResponderExcluir
  4. Estou com um certo receio de ler esse livro...

    Me disseram que é MTO bom, mas sei lá.... sabe quando parece faltar alguma coisa.

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Ameei esse livro *-*
    Perfeito perfeito perfeito :D

    ResponderExcluir
  6. Esse livro parece ser muito interessante =)

    ResponderExcluir
  7. Livia
    eu vi no seu blog sobre a continuação dele, ai, quero saber o final da saga logo 'curiosa? quase nada.

    Carol
    é sim, mas nessa história isso é bom, porque ai o autor consegue mostrar de vários ângulos, sabe? sem ficar confuso.

    Aline
    já terminasse de ler? ele fica cada vez melhor. quer ver com a contagem regressiva, aiai.

    Mariana
    sei, porque comigo era assim, eu fui nele porque todo mundo queria ler e dizia que é bom... e não me decepcionou não.

    Danne
    também gostei!!!

    Nanie
    é bem interessante mesmo!


    Beijooos :*

    ResponderExcluir
  8. Oii, já é o terceiro blog que entro hoje que tem Gone na postagem. Cada vez vcs me deixam mais doida para conhecer esse livro! Vou ter que ler!! Bjss

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Angélica
    é que é lançamento, ai todo mundo corre pra divulgar logo 'hihi
    agora vai ter que ler :D

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha.
    Comprei esse livro. Depois que eu terminar de ler 'Intriga', começo a ler. E a resenha me deixou mais animada ainda para ler.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. Carol
    eu gostei de Gone, mas gosto mais de Intriga
    então isso, só leia depois de Intriga 'hihi


    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. que louco um mundo só com crianças HAHA mas lendo parece que elas não sao tao infantis assim o.O gosto dessas historias diferentes, e ouvi falar que tem ficção cientifica tbm! com certeza lerei :D

    ResponderExcluir
  14. Que história estranha O_O e diferente
    Parece ser bem legal, talvez eu leia *-*
    A capa é beem linda, sei lá, é simples e bonita, gosti :D

    ResponderExcluir
  15. A capa é bem diferente ! Mas a historia parece ser bem legal ! Acho que vou dar uma chance ! Obrigada pela dica ! Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Nossa só de ler a resenha fiquei com a boca aberta; preciso urgente desse livrooo!!

    ResponderExcluir
  17. Já tinha ouvido falar do livro mas nunca parei para ler resenha e nem sinopse e parece ser muuuuuuito bom. Foi para wish list.

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo