Wake

17 setembro, 2010


Para Janie, uma garota de 17 anos, ser sugada para dentro dos sonhos de outras pessoas está se tornando normal. Janie não pode contar a ninguém sobre o que acontece com ela - eles nunca acreditariam, ou pior, achariam que é uma aberração. Então, ela vive no limite, amaldiçoada com uma habilidade que não quer e não pode controlar. Mas, de repente, Janie acaba presa dentro de um pesadelo horrível, que lhe causa um imenso terror. Pela primeira vez, ela deixa de ser expectadora e se torna uma participante...

No início é meio confuso, e como a autora põe a data do ocorrido no início, às vezes só passa o olho e acaba confundindo um pouco, mas mais para frente quando a história se estabiliza em uma época – porque antes mostra como começou, e como era – ai fica mais fácil de entender.
Em Wake, a Janie pode entrar nos sonhos das pessoas, o que é um problema para ela porque não é voluntário, ela ainda não aprendeu como controlar e cada vez que alguém cai no sono perto dela, as coisas acabam dando errado – e quando a pessoa tem um pesadelo, é pior ainda. Isso começou quando ela era criança, e Janie nunca procurou saber mais... até agora.
Para juntar dinheiro para faculdade – já que a mãe dela não tem a menor preocupação quanto a isso – Janie começa a trabalhar em um asilo, pensando que quanto mais velhas as pessoas vão ficando, menos sonhos elas tem. Mas ainda assim, não é exatamente desse modo. E uma das pessoas do asilo vai ajudá-la a descobrir isso...
E como em todo romance, a protagonista não pode ficar sozinha – ou mesmo que não fique com alguém, ela tem que sofrer por alguém. No caso de Janie, Cabel é o escolhido, não só pela aparência – apesar dele ter mudado muito nesse último ano – mas pelo jeito dele, até que Janie é puxada para os sonhos dele, e de algum modo, ele pode vê-la lá.
É a partir disso que a trama passa a se desenvolver, porque para Janie nunca aconteceu de ser puxada para o sonho de uma pessoa, e essa pessoa poder vê-la lá... Exceto uma vez, com uma pessoa que vai ajudá-la a entender esse seu dom – de uma apanhadora de sonhos para outra.

Wake é o primeiro da trilogia, e é um livro ágil e super rápido de ler, mas tenho que dizer que por mais que a história tenha sido envolvente, e principalmente curiosa, pois para mim é o primeiro livro sobre esse mundo de entrar em sonhos e poder ajudar, ou não, alguém através disso, mas o modo que a autora escreveu não me animou muito – tanto que eu custei a sair das primeiras páginas – não sei ao certo porque, mas parece que ela quis fazer um livro com uma linguagem simples e fácil de ser entendida, mas para mim não deu muito certo.
Janie ajusta o maxilar.
Está cansada de chorar.
Recusa-se a fazer mais ceninhas.

Também me incomodou na linguagem que ela usa MUITOS pontos (alô, tem vírgula e preposições para quê?).
E tem o fato também que Wake não é o tipo de livro que deixa você morrendo pela continuação, a história começa e acaba nesse livro, o próximo (pelo que eu entendi) é uma nova trama, mas não é daqueles livros que o primeiro para em uma parte crucial para que você queira logo o segundo – o que a minha mente curiosa agradece.
Então para quem viu no skoob, eu dei três estrelinhas para o livro, mas é pela escrita ok? A trama merece um pouquinho mais (hihi!).

Beijooos :*
Thays

15 comentários:

  1. senti a mesma coisa, esses leituras cheias de frases curtas me incomodam um pouco =/

    ResponderExcluir
  2. Realmente concordo com você sobre a escrita e a narrativa da história. A autora tentou deixar a leitura leve, mas acho que só complicou ainda mais. Tem partes que é meio complicado de entender o real significado do parágrafo justamente por ele ter tantos pontos. Acho que se saísse uma segunda edição também poderiam melhor isso, talvez não.
    Vou esperar pelo segundo pra ver se vai ser um pouquinho melhor. Não custa nada né? =P

    Bjusss
    http://viciadospelaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oiii
    Eu comprei Wake só porque tava de promo no submarino, mas não me arrependi.
    A narrativa da autora é um tanto confusa somente até nos acostumarmos.
    Eu achei a trama legal, é água com açúcar como os vários romances sobrenaturais que rolam por aí, mas por algum motivo WAKE me cativou e estou louca pela continuação! haha
    Livros são assim, ame ou odeie!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Amei a resenha *----*
    Será que a narrativa é tão cansativa? =/
    Quero muito ler esse livro, espero que eu goste =P
    Adoro tudo que envolve sonhos *--*
    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Acho que todo mundo concorda com a escrita, mas a história é realmente ótima! *--*

    ResponderExcluir
  6. Já li várias resenhas de Wake e nenhuma é muito animadora! Falam que a história é boa, assim como você disse da trama merecer mais estrelas, mas a escrita deve ser realmente um saco! Essas frases "soquinhos", parece que autora teve preguiça de escrever! Bom, pelo menos é só história por livro, então é até aceitável ler ele. :)

    ResponderExcluir
  7. Eu realmente gosto - e muito! - de Wake, mas confesso que tive que me acostumar com esse jeitinho de escrever da Lisa McMann x}
    AH! Sobre os outros livros: bom, eu gosto de Fade e de Gone, mas não sei identificar qual o melhor da série... cada um tem suas particularidades x}

    ResponderExcluir
  8. Claudinha
    me incomodam um bocado! parece que a autora não consegue concluir grandes pensamentos, sei lá.

    Michelle
    mas acho difícil mudarem isso mesmo fazendo uma segunda edição, porque foi a autora que quis assim e a editora comprou os direitos desse jeito "/
    mas que as vezes fica cansativo e complicado, ah se fica.
    agora é esperar pela continuação, mas aposto que vai continuar assim...

    Mirelli
    ah eu também comprei pela promoção no submarino (9,90 é o que há o//)
    então a trama dele me agradou, até porque eu nunca tinha lido sobre sonhos e tals, mas achei meio confusa a escrita... agora é esperar a continuação :)

    Renata
    eu achei, porque quando tu começa a emendar ela vai e põe pontos atrás de pontos
    mas a história é boa!

    Karine
    isso ai, todo mundo concorda com a escrita, mas a história é boa
    acaba meio que um ponto compensando o outro

    Fernanda
    sério?
    ah para mim pareceu que a autora não conseguia concluir pensamentos longos, começava a crescer ela vai põe ponto final e começa outro ._.
    sim. é aceitável ler ele o//



    beijooos.

    ResponderExcluir
  9. eu adorei! devorei em um dia, não conseguia parar de ler, e to agora morrendo pela continuação. so achei que a editora errou um pouquinho, acho que seria melhor ter lido em inglês :/

    ResponderExcluir
  10. Tipo eu ja conprei o livro mas ainda não deu pra ler !? kkkk to esperando coraje aparecer sabe ! Bem ameia a resenha muito boa ! Tenho certeza que as pessoas vão amar esse livro ! BEIJOS !

    ResponderExcluir
  11. Todo mundo fala bem desse livro, mas, sei lá, não me interessou muito.
    Aquilo na capa é um travesseiro? HAHUAHUAHUA'

    ResponderExcluir
  12. Pois é, a escrita no início e um pouco confusa, mas depois me acustumei e gostei bastante...achei a história bem legal e pretendo comprar os outros da série. :)

    ResponderExcluir
  13. Não tenho interesse pela trilogia, não é o tipo de livro que eu leria com vontade não... rs

    ResponderExcluir
  14. já li o livro mais não gostei muito dele acho que podia ter sido muito melhor...

    xoxo

    ResponderExcluir
  15. esse livro me deixou confusa!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo