Midnight Awakening (Midnight Breed #3)

04 agosto, 2010

Gente, eu NÃO ABANDONEI vocês, okay? HAUSHUAHSUAS Como disse, minha vida tá meio "desarrumada", mas isso faz parte! HAHUAHSUAHUSUAS :)
Mas um da série Midnight Breed que eu leio! YAY! \o/ HAUHSUAHUSAS
Ah! Pra quem ainda não viu, eu já resenhei o primeiro livro da série, que é o Kiss of Midnight e resenhei o segundo também, que é o Kiss of Crimson. As resenhas vocês encontram aqui e aqui.
Sim, é hot! :D Vamos então ao que interessa!

Sinopse: “Ele tinha resistido à tentação durante séculos.
Um guerreiro cujo gelado coração se negava a derreter-se...
Até que ela chegou.

Com uma adaga em sua mão e a vingança em mente, a formosa Elise Chase percorre as ruas de Boston em busca de vingança contra os ingratos vampiros que lhe arrebataram tudo o que apreciava. Fazendo uso de um extraordinário dom psíquico, rastreia a sua presa, muito consciente do poder que possui pode destruí-la. Deve aprender a aproveitar seu dom, e para isso apela a um homem em particular: Tegan, o mais letal dos guerreiros da Estirpe.

Tegan, que não é alheio à perda, conhece a dor de Elise.
Sabe o que é estar furioso, mas quando enfrenta a seus inimigos só há gelo em suas veias. Até agora, conservou perfeitamente o controle de si mesmo. Até que Elise procura ajuda em sua particular guerra pessoal. É então, quando se forja entre eles uma ímpia aliança, um vínculo que lhes une mediante o sangue e um juramento, e os inunda em uma tempestade de perigo, desejo e as mais escuras paixões do coração”.



Tá, a história começa uns quatro meses depois dos acontecimentos do segundo livro. Elise Chase ainda sofre a perda do único filho, e resolve se mudar da mansão (abrigo, whatever) Darkhaven – que é onde os outros vampiros, os que não são da ordem, digamos assim, vivem – . Todo dia para ela era uma batalha pessoal atrás daqueles que tinham causado a perda de seu marido, e seu filho, em busca de vingança, ela fazia basicamente o que era preciso, e fosse possível para ela fazer, para que essa guerra terminasse.
Até que um dia, ela acabou “perdendo a hora”, e suja de sangue, atraiu mais renegados para si mesma. Até que quando eles foram atacá-la, chega Tegan e a salva, matando um a um, cada renegado. Ele a manda ir para casa antes mesmo da batalha terminar, e ela assim o faz, mas seu cheiro ficou pelo caminho, o que poderia significar um perigo mortal a ela.
Cada dia que ela fazia aquelas “buscas”, era um dia mais cansativo a ela, e necessitava todo o seu esforço mental e físico para manter-se de pé até chegar ao apartamento que tinha alugado.
Tegan vai atrás dela, e descobre o que ela tem feito durante tanto tempo, e tenta impedi-la, mas como ela já havia dito, aquela era a batalha e a promessa dela. Para ele, aquilo era apenas suicídio próprio.
Mas tudo vira do avesso quando mais renegados vem em busca dela, e ele a leva para a cede da Ordem. Ela insiste de que a Ordem poderia usufruir muito de sua ajuda, pois, apesar de não estar se alimentando de sangue há cinco anos – desde que seu marido, e companheiro de raça havia morrido – e de tinha que cuidar-se e exercitar-se cada vez mais para que seu corpo não sofresse tanto com o envelhecimento, ela tinha a vantagem de poder agir durante o dia, enquanto todos os vampiros e renegados dormia, ela poderia sair, matar subordinados, além de poder fazer outras coisas que os vampiros, até mesmo os da Ordem, não podiam.
Claro que Tegan não aceita sua sugestão, afinal, a Ordem era composta de homens e assim continuaria sendo, pois nenhuma mulher havia querido se juntar à eles.
Acontece que o falecido marido de Elise era muito influente em relação ao mundo “político” dos vampiros, e somente Elise poderia conseguir tais fatos que nenhum guerreiro da ordem conseguiria. E assim ela persiste, valente e enfrentando Tegan cada vez mais e ele revidando. Aonde será que isso poderia dar? Tegan ainda se culpa pela morte de sua também falecida companheira de raça, e seu coração – e, diga-se de passagem, corpo também – estão fechados a mais de 500 anos (não tenho muita certeza sobre isso, mas é séculos!), e não pretende abri-lo tão cedo.

Okay, esse “fechado” e “abrir” do final não ficou muito bem, mas ao todo, é mais ou menos a ideia do que o livro retrata. Ainda não sei qual livro eu prefiro, porque digamos assim, de todos os guerreiros, eu acho que ainda prefiro o Lucan (Guerreiro do Primeiro Livro – Kiss of Midnight), mas das companheiras de Raça, acho que nenhuma se compara à Elise, sério! Tipo, eu achei ela muito legal! Principalmente na parte de afrontar os homens, e dizer “Ei! Pera lá! Também tenho meu direito! Também quero meu lugar!” sabe? AH, achei muito legal isso nela! :D
Tinha umas partes, é claro, que eu tinha vontade de falar: “Shhh! Não fala, não fala, não fala!” mas ela ia lá e falava! HAUHUAHUSAS Ela é super guerreira, confiante e corajosa, mas ao mesmo tempo sensível e delicada.
Achei muito legal esse livro mesmo, de verdade! :D
AH gente, SIM, é livro HOT! Não dá pra parar agora no meio da série, né! Agora que comecei, vou até o fim! HAUSHAUHSUAS
Mas que fique claro que as partes HOT não são realmente a “cereja” do livro, elas são só um toque a mais (e que toque, em! HAUSHUAS Tá, parei :D).
Bom, é isso que eu tenho pra dizer sobre o livro! :D AH gente! E pra quem viu no twitter, a Lara é SUPER simpática, e um amor de pessoa! Adoro ela! :D
Agora, quero ler o próximo livro, mas sério, pra mim, Dylan não é nome de mulher, me desculpem, mas não é mesmo! U.U
Espero que vocês tenham gostado da resenha, que ficou um pouco extensa, mas, do meu ponto de vista, ficou boa, e que comentem! Yay! \o/ HAUHSUAHUSAS

Beijoo :*
Thayná.

6 comentários:

  1. Não dá para começar lendo a resenha de um terceiro livro, né?!
    Mas bom saber que a série é boa^^ Mas eu não curto muito livros HOT não... ><

    ResponderExcluir
  2. Thayná!

    Então.... ñ li os outros livros..... mas não queria deixar de comentar.... então......
    Só pela quantidade de HOT que vi aqui o livro deve ser bom, vai pra lista, mesmo q demore, um dia chega \o/

    BJs

    (Ah! Aqui é a Mari com preguiça de mudar o perfil rsrsrsrs)

    ResponderExcluir
  3. Eu estou sempre conhecendo livrinhos novos por aqui. rsrs
    Humm... Hot, é? Faz tempo que não leio nada assim.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. EU QUEEEEEEEEEEEEEEEEERO!!!!
    Caramba, tô namorando essa série desde a tua primeira resenha! XDD

    ResponderExcluir
  5. awwwn, parece ser tão liiinda, quero leeer! AAUAHUAHUAHUA

    ResponderExcluir
  6. Eu querrrrrooooooo ! NECESSITO ! Ai tenho que ler essa serie ! Otima resenha ! adoro livros hot ! Beijos !

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo