Knight Angels - Book of Love (Knight Angels #1)

27 julho, 2010

AHHH gente, que saudades do meu bloguito! *---* Quem disse que faculdade é fácil, é porque nunca fez mais nada além da vida, sério. Wow! To "madrugando" pra minha aula começar 7h30 e terminar 12h40 fora as aulas que eu vou ter no sábado, né... E detalhe: Minha professora tá grávida, ou seja, mais aulas no sábado! Ahhh, "amo" isso! :S
Então, pra quem andou perguntando sobre a minha ausência, já tá explicado, né? Espero que vocês me entendam gente! :) Como eu disse, é só o tempo mesmo de eu conseguir me adaptar à faculdade e ao meu "novo fuso-horário", e logo logo, tudo volta ao normal! :)
Também estou planejando coisinhas novas pro blog, então, fiquem ligados! :D
Let's go?

Então, ACABEII! YAY! Que felicidade! *-------*
Vou confessar pra vocês, adorei a história! Não sei se é porque eu entrevistei a Abra antes, e vi como ela é legal e se importa com a opinião dos fãs, o que me deixou mais doida ainda pra ler o livro. Só sei dizer que o livro é muito bom mesmo! *---*

Sinopse: “Quando a garota de 17 anos, Jane Taylor, testemunhou a morte de seu pai, algo aconteceu com ela. Desde então, seus pensamentos são consumidos pela morte, chegando ao ponto até de prever mortes que ficam sempre variando – mortes das pessoas que a cercam.

Emily Taylor, de 16 anos, ressente-se da proximidade da irmã com o pai, que morreu quando Emily tinha 6 anos. Dotada da estranha habilidade de ler as mentes das pessoas, ela afoga as vozes usando drogas, algo com que Jane não consegue lidar.

Quando foi adotado, o garoto de 17 anos, Wes Green, mudou-se para a vizinhança de Jane, encontrando nela uma amiga de infância que acabou se tornando sua paixão no colegial. Durante todo o verão, a dor em seus ossos parecia injustificável. Ele já havia parado de crescer fazia muito tempo. Porém, quando o último ano da escola começa, a dor só piora. As mudanças previstas são inesperadas – e animalescas demais para o seu gosto.

Quando Max Gordon se viu parado acima do corpo de uma inocente criança de 7 anos de idade, ele viu nos olhos da menina algo que nunca vira naquele século em que vagara pela Terra, sem rumo, errante… O pai dela já estava morto, mas havia esperanças de salvá-la. O nome da garotinha era Jane, e ela era tudo que ele sempre desejara. Sua tarefa era trazê-la de volta, e era seu dever protegê-la – o maior erro da vida dele.

Quando esses quatro adolescentes entram na Glenwood High, no último ano da escola, ninguém além de Max poderia entender o futuro que os esperava. Reunidos pelo sangue e pela amizade, cada um oculta um segredo sombrio que há de mantê-los unidos.

Quando aquele que Max esperava nunca mais ver de novo aparece na escola – seu irmão gêmeo mau, Greg – ele percebe que ter voltado para Jane foi errado. Sabendo que Greg já sabe sobre sua atração por Jane, Max descobre que ele não pode mais ter a esperança de deixá-la de novo, com medo do que Greg pode fazer.

Max tem de proteger Jane, Jane deseja ser normal, Wes quer que Jane o ame, e tudo que Emily quer é que as vozes se calem…

E Greg... Ele apenas quer ver todos mortos.”


Tá, first of all, essa é uma das sinopses mais compridas que eu já vi! Mas de um jeito, ela é super intrigante, vocês não acham? :S
Eu sinceramente nem sei por onde começar a resenha, porque tanta coisa acontece no livro que eu ainda não entendo como a Abra conseguiu escrevê-lo! HUASHUAHUSAS

A história se passa em Glenwood, uma cidade pequena, perto de Denver, que já foi palco de muito mistério e magia.
Jane parece uma garota normal, e tudo o que ela queria era que os sonhos estranhos que ela tinha parassem, ou ao menos, que significassem algo. Ela vinha tendo esses sonhos desde aquele dia terrível, cujo acidente tirou a vida de seu pai. No fundo, no fundo, ela sabia que era para ela ter morrido, mas não, ela foi poupada.
Sua irmã Emily, sentia-se isolada da família, como se não pertencesse àquele lugar. Desde que ela se entende por gente, conseguia ouvir tudo o que os outros pensavam, e por isso, costumavam andar “drogada” (Na verdade não drogada, porque ela toma Vicoden, que é um remédio, tipo analgésico, mas BEM forte).
Wes vivia ao lado das irmãs desde pequeno, e sempre achou que amava Jane. Até que de repente, as dores em seu corpo começaram a ficar cada vez mais fortes e menos surportáveis do que antes. Algo estranho/diferente estava acontecendo com ele, mas ele não sabia o que era, e isso lhe dava mais medo ainda.
Max, antes de salvar a vida de Jane, sabia que a amava, e que não podia deixá-la ir. Por isso quebrou as regras, salvando-a. Agora ele estava de volta, e tudo o que queria era agir como um adolescente normal, e conquistar Jane. Até que Greg, seu irmão gêmeo, reaparece, como já esperava, e tudo o que ele faz é deixar Max cada vez mais fora de controle, afinal, seu plano exigia que seu irmão o acompanhasse, e quanto aos outros? Para Greg, todos eles podiam morrer.

Então, acho que todos os personagens foram bem citados, com exceção do Greg. O Greg é tipo aquele badboy, sabe? Mas não badboy estilo Patch ou Damon (Sim, eu preferia o Damon no DV), mas um badboy badboy mesmo! HAUHSUAHUSAS Tá, "nem" ficou confusa essa minha explicação, né? HAUSHUAHUSAS Tá, tipo, o estilo do Greg é mais o tipo daquele personagem que enquanto você tá lendo, você sente raiva dele sabe? (No meu caso, um exemplo: Jacob! Desculpa aí que é Team Jacob, mas to querendo expressar a minha opinião aqui, o que tá difícil ultimamente). Então, é esse estilo de badboy que ele é. As vezes você pensa: Por quê? Como ele teve coragem de fazer isso? Mas no fundo no fundo, acredito que ele tenha um coração, apesar de ser beeeeem lá no fundo, mas ele tem! :)

Bom, eu gostei muito do livro, porque primeiro, ele mostra um romance água com açúcar (tipo Bella e Edward), mas ao mesmo tempo, mostra um outro lado totalmente diferente e conflitante. Além de que, cada “capítulo” é narrado por um personagem, então, tipo, se você tá no capítulo da Jane, logo que acaba você tem que ler o do Max, o da Emily e o do Wes antes de chegar na Jane de novo, sabe? Mas nem sempre segue essa ordem. As vezes vai um capítulo da Jane, um do Max, e já vem um da Jane de novo, mas mesmo assim, principalmente perto do final do livro, você vai meio que devorando ele pra saber o que acontece. Eu gostei do final... Ainda acho que a história me lembra, em algumas partes, histórias que eu já li, mas mesmo assim, eu senti como se todos os livros que eu gosto estivessem agrupados em um só, sabe? O livro em si é MUITO bom! Mal posso esperar pra ler o próximo! *---*
O negócio é o seguinte: Como até a Lívia falou, eu não quero fazer uma resenha muito empolgante, porque quando a expectativa pra um livro é muito grande, as pessoas que vão lê-lo podem acabar se decepcionando... E como eu quero que vocês gostem e aproveitem o livro, não vou criar muita expectativa pra vocês, ok? HAUHSUAHUSAS
Eu não sei muito bem como explicar, e confesso que todas as resenhas que faço dos livros que mais gosto, ficam “mal-escritas”, e eu JURO que não sei porque :S
Só vou falar pra vocês que assim: Gosta de Fadas; Vampiros; Pessoas que se transformam em animais; Anjos; Dragões, Pixies, e esses tipos de criaturas mágicas/místicas? Então LEIA Knight Angels! :D
Não vou falar mais nada, porque se não, na certa que vai acabar saindo algum spoiler aqui, então, termino por aqui mesmo! :D
Ah! Outra coisa: Acho que a Underworld fez uma ótima aquisição, e que quem ainda não leu (Tá, eu não conheço ninguém que já tenha lido, mas tudo bem...), LEIA, por que é muito bom mesmo! – meu ponto de vista, né gente. Depois, se vocês não gostarem, não venham me culpar. EU gostei, e ponto final.

AHHHH! E obrigada à Abra, por me conceder esse ARC, que foi o 1º ARC que eu recebi (*-----*), e estou muito feliz por isso! AMEI!

Beijoos :*
Thayná.

17 comentários:

  1. Nossa que resenha MARA!!!!

    Fiquei morrendo de vontade de ler o livro AGORA!

    Gosto quando tem um pouco de romance e conflitos na mesma história.

    Fiquei interessada nesse tal de Greg, queria saber até onde ele é badboy rsrsrs

    *_*

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oiiii...
    gostei da resenha, Thay! parece ser bem legal, fiquei curiosa p/ler! vou marcar ele depois no skoob!
    agora, são mtos personagens, a sinopse parece meio lotada de gente e tudo mais =P
    mas pela resenha dá p/ ver que são todos bem desenvolvidos... ótima resenha!
    ah, sei como é isso de horário, meu bloguezito está abandonado, tadinhoooo
    mas é uma correria, e vou te dizer, a tendência agora é só piorar, tipo cada vez mais tempo ocupada! mas com certeza você dá conta de tudooo =]
    Beijoosss

    ResponderExcluir
  3. *-* Estou doida para ler esse livro - e fiquei realmente muito feliz quando soube que a Underworld vai lançar ^^ Já estou aguardando ansiosamente o lançamento do livro ^^

    ResponderExcluir
  4. Liv, como eu digo, esse pode ser considerado pra você, um should read! (Não vou falar MUST pra não criar muitas expectativas, mas o livro é bom! Seriously! :D)

    Mari, acredita em mim, ele não é badboy sexy tipo o Patch! HAUHSUHAUSUAS O que eu gostei, é que ele é gêmeo do Max, tipo, ying yang, sabe? HAUSHUAHSUAS

    Nossa Mari K., no início, até fiquei meio confusa, sabe? HUAHSUAHUS É muita coisa pra você associar ao mesmo tempo! HUAHSUAS Mas é legal sim! :)

    Nanie, notícias boas: A Fabi disse que eles pretendem lançar em setembro/outubro! Tá pertinho! YAY!!! :D

    ResponderExcluir
  5. AIN, eu quero muito ler esse livro *_* A capa é perfeita demais, e eu adorei sua resenha *____*~
    Ainda bem que a Underworld vai lançar, não tô podendo comprar em inglês!

    ResponderExcluir
  6. amei a resenha! Não conhecia nem de nome a série, mas aprece ser legal, pena que to em cotação de SÉRIES. haha

    ResponderExcluir
  7. Mari: Eu também não tava! HAUSHUAHSUAS Sorte minha que a Abra me enviou! *----* É LINDO DEMAIS! @_@

    Natália: HAUSHUAHUSAS Nem fala! Cada vez que eu penso que acabei com uma série, descubro que a autora inventou de lançar um outro livro, e assim vai! HAUSHUAHUSAS Mas eu confesso que prefiro série a um livro só... Um livro só me deixa com MUITO gostinho de quero mais :S

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia essa série.

    hum... Mais um badboy. rsrs

    E mais um para a minha lista.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Ahhh esse livro tem uma capa muito linda!!! Vi a sua animação com esse livro no video... :) Quero ler tbm :/

    ResponderExcluir
  10. Eu acho essa capa LINDA mas não tenho muita vontade de ler o livro =/

    ResponderExcluir
  11. Bianca, já sabe, né? Eu meio que já tenho um prego lá na parede da Underworld! HAUSHUAHUSAS :)

    Paula: Nossa, eu gritei, você não tem idéia, quando o livro chegou! HUAHSUAHUS Fiquei pulando pela casa! HAUSHUAS :)

    ResponderExcluir
  12. Vida de faculdade não é nada fácil! Minhas aulas retornam na semana que vem e eu já estou louca de tão lotada de livros e coisas pra fazer! shaushaushaushau

    Não vejo a hora de ler Knight Angels, quero tanttooooo *-*

    Adorei Thayná.. You rock girl =)

    ResponderExcluir
  13. Nossa elas não têm ideia HUAHUAUHAUSAHSUHAS
    a Thayná só faltou soltar uns fogos por aqui quando o livro chegou u_u

    e eu achando que era livro para mim quando o correio tocou a campainha -.-'

    ResponderExcluir
  14. A capa é linda a historia é fofa eu quero essse livro ! Vou pedi pro meu pai comprar pra mim ! Amo esses tipos de romances !

    ResponderExcluir
  15. Que capa liiiiiinda! Euri do "bloguito" vocês são fodas, Thayná AHUAHUAHUAHU
    Adorei a resenha, bem elaborada (=

    ResponderExcluir
  16. que resenha maravilhosa, fiquei louca pelo livro de cara agora então é correr para comprar!

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo