Pandora

11 maio, 2010

Acabei de ler Pandora, finalmente! AEEEEE! *fogos de artifício*.

Sinopse: “O narrador deste romance é o vampiro David Talbot. A história começa no século XXI, tendo como cenário um lotado café parisiense. Lá a belíssima jovem Pandora - de pele de porcelana, olhos topázio e de inteligência incomum - é convidada por David e escrever sua história. Ela nos leva a viajar no tempo e relata, relutante a princípio e depois com incrível paixão, uma vida de mais de 2.000 anos.
Pandora volta à pré-adolescência, quando era uma simples mortal, filha de um rico senador do Império Romano. Nesta época, no palácio de seu pai, ela conhece e se apaixona pelo ainda mortal e extremamente charmoso Marius, numa Roma atemorizada, dominada por César e cercada de conspiradores e assassinos interessados em tomar a cidade.
Vinte anos depois, Pandora foge de Roma e passa a ter sonhos freqüentes com sangue jorrando. Busca um padre para esclarecer seus pesadelos. Numa nova cidade, encontra com Marius, o já poderoso e carismático vampiro. Juntos passam a viver um grande e turbulento amor. Durante séculos, numa intensa batalha entre razão e paixão, os dois travam um declarado e doloroso duelo, até se separarem tragicamente.”

Então gente, Pandora acho que foi um dos livros que eu mais demorei pra ler, sério, e se não fosse pela Carol, eu nem sei se terminaria de ler. Tipo, demorei uns 3 (ou 6, não lembro) meses pra chegar até a página 70. Mas tava me enrolando pra continuar a ler...

Anyway, Pandora retrata a história de Lydia, que depois passa a se chamar Pandora, desde a sua infância, com seu pai e irmãos mais velhos até quase 2000 anos depois de sua transformação. Ela era filha de um importante e rico senador, tendo uma vida de luxo quando criança. Era também a “preferida” de seu pai, pois era a única filha mulher que ele tinha. Enquanto seus irmãos brincavam com suas espadas no jardim, ela tinha tutores que a ensinavam tudo o que eles podiam. Ela adorava ler, e em jantares, seu pai adorava exibi-la, fazendo-a citar alguns versos de Virgílio. Adorava as palavras, tanto lê-las como cantá-las.
Casou-se duas vezes devido a pressões da época, mas como não podia ter filhos, foi deixada “livre”. Até que um massacre acontece, onde Sejanus e seus delatores mataram famílias inteiras, e o último desejo se seu pai foi que ela vivesse. Ele havia arranjado tudo, e alguns homens que deviam dinheiro a ele, levaram-na a Antioquia, onde muda de nome, e refaz sua vida, como era o desejo de seu pai. Lá ela corre perigo, seus sonhos sanguinolentos continuam assustando-a, e ela reencontra o verdadeiro amor da sua vida. Mas será que a eternidade conservará esse amor?

Olha gente, opinião pessoal: Achei o livro e a história em si bem legais, só achei meio maçante o início da história, porque é tipo um review de toda a vida dela, desde o nascimento até os dias atuais (1997). E lamentei também um pouquinho o final, se bem que, como tem a continuação, pode ser que o final seja mais detalhado, ou não. Anyway, quem já leu, sabe o que eu to dizendo.
Quero agradecer à Carol, que me incentivou (obrigou) a ler o livro, e que eu gostei bastante! Com certeza, se ela não tivesse dado um empurrãozinho, o meu livro ia estar na estante até agora. Beijo Carol, e obrigada por tudo! :D

E para quem ainda não leu, LEIA, porque é bem legal! :D
Beijooo :*
Thayná.

PS: Só pra quem não sabe, assim como eu sabia, mas não dei bola, Pandora faz parte da série "As Crônicas Vampirescas" que segue a seguinte ordem: Entrevista com o Vampiro; O Vampiro Lestat; A Rainha dos Condenados; A História do Ladrão de Corpos; Memnoch; Pandora; O Vampiro Armand; Vittorio, o Vampiro; Merrick; Sangue e Ouro; A Fazenda Blackwood; Cântico de Sangue.
Então, como deu pra perceber, tem MUITA história antes de Pandora, e aconselho "começar pelo começo". Não que eu tenha feito isso, mas enfim, acho que deve ser mais interessante, né? :*

4 comentários:

  1. Nunca curti essa série ae, sei lá, não me agrada a história, nem as capas, me lembra escuridão...
    Não sou louca, juro HUUHAUHAU

    ResponderExcluir
  2. A capa me pareceu meio estranha ! Acho que não vou me arriscar a ler essa serie não faz muito meu estilo ! BEIJOS

    ResponderExcluir
  3. A capa eu achei linda, adoro esse estilo de capa. Mas a série em si não me chamou atenção :l

    ResponderExcluir
  4. ja me conquisto pela capa é perfeito !

    ResponderExcluir

Comentários e elogios são sempre bem-vindos. Críticas são construtivas, agora, insultos e xingamentos são falta de respeito.
Desde já, obrigada pra quem comenta.

© Coisas da Amanda Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo